Homem que agredia a namorada morre após ser baleado com tiro de calibre 12 em João Pinheiro

Um funcionário da fazenda onde o incidente aconteceu interviu, entrou em luta corporal com o homem e um tiro foi disparado

Um homem de 38 anos acabou morto depois de agredir a namorada diversas vezes na Fazenda Segredo, P. A Barreiro do Cedro, zona rural de João Pinheiro, após um funcionário intervir nas agressões na noite do último sábado, 20 de novembro de 2021. Durante a confusão, um tiro de espingarda calibre .12 foi disparado, acertando a perna do homem.

Segundo apurado pelo JP Agora, a mulher, de 43 anos, contou que estava no sítio acompanhada do seu namorado Clecirnandes Leite Robero, de 38 anos. Ela disse que o namorado fez uso de bebida alcoólica durante todo o dia e que desconfiava que ele teria usado entorpecentes. Em um dado momento, ainda de acordo com o relato da vítima, o homem se apoderou de um facão e começou a agredi-la.

A mulher, ao se ver diante daquela situação, começou a gritar por socorro e foi ouvida por funcionários da fazenda. Então, de acordo com o que foi apurado pelo JP Agora, os funcionários levaram a mulher para um sítio vizinho, mas resolveram retornar horas depois. Então, algumas horas depois das primeiras agressões, os funcionários e a mulher retornaram para o sítio.

Publicidade
Jantinha Dom Churrasco João Pinheiro - Jantinha com Churrasco

Neste momento, Clecirnandes se armou com uma espingarda calibre .12, apontou para a cabeça da mulher e começou a agredi-la novamente. Imediatamente, ela gritou por socorro e, mais uma vez, os funcionários foram até o local para salvá-la. Um deles, também de 38 anos, entrou em luta corporal com Clecirnandes, quando então ouviu-se um disparo, o qual atingiu a perna esquerda do homem e rompeu a artéria femoral, levando-o a óbito logo em seguida.

A mulher apresentava hematomas por todo o corpo e foi socorrida. A espingarda utilizada e 15 cartuchos foram apreendidos. Até o momento, o JP Agora não obteve informações se o funcionário que ajudou a mulher e brigou com o namorado dela será indiciado.

5 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


5 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Justiça
13 dias atrás

Tomara que a justiça brasileira deixe de agir como tal. No Brasil o poste mija no cachorro. Legítima defesa e ponto.

PCC
13 dias atrás

Parabéns ao funcionário,ele merece o Oscar tá de parabéns, mulher merece e respeito e carinho, não uma espingarda na cabeça.

Justiceiro
13 dias atrás

Justiça foi feita, agressor de mulher tá morto, nunca mais vai bater em ninguém kkkkk

Coleguinha
13 dias atrás

Eu não acredito que eles ainda vão ser indiciados??? Então tinha que deixar o covarde bater e até matar a mulher?? É isso que eu tô entendendo? Isso é uma palhaçada,só pode ser brincadeira…

13 dias atrás

Parabéns aos funcionários legítima defesa,ele tava agredindo ela ,eles só defendeu a mulher estão de parabéns.

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias