Publicidade
Só Vem OdontoCompany - 4000 pinheirenses cuidando do sorriso aqui
Publicidade
InícioDestaqueHomem que tentou matar mulher com facada no pescoço é condenado a...

Homem que tentou matar mulher com facada no pescoço é condenado a 3 anos de prisão em João Pinheiro

Pela tentativa de homicídio, o réu foi condenado a 3 anos de reclusão

Publicado em

O homem acusado de tentar matar uma mulher com uma facada no pescoço no ano de 2010 que foi levado a julgamento no último dia 29 foi condenado a 3 anos de reclusão. A conclusão do conselho de sentença foi de que ele, realmente, tentou contra a vida da vítima. Ambos bebiam cerveja momentos antes do crime.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A tentativa de homicídio aconteceu na noite do dia 14 de julho de 2010 na Rua G, Cohab de João Pinheiro. Segundo a denúncia do Ministério Público, autor e vítima estavam na casa de um amigo festejando e fazendo uso de bebida alcoólica quando, utilizando uma faca, o réu desferiu um golpe no pescoço da mulher, que logo foi socorrida.

A agressão grave foi classificada pela promotoria como tentativa de homicídio e o processo correu desde o longínquo ano de 2010, sendo realizada a sessão de julgamento no Tribunal do Júri na sexta-feira, 29 de julho de 2022. A defesa argumentou pela desclassificação do crime para lesão corporal, sustentando que o acusado não tinha a intenção de matar a vítima, circunstância esta essencial para a caracterização da tentativa de homicídio.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

Após a apresentação das provas e os debates entre acusação e defesa, os jurados entenderam que o réu realmente tentou contra a vida da vítima, condenando-o a 3 anos de reclusão. Como ele esperou pelo julgamento em liberdade, o juiz lhe concedeu o direito de recorrer em liberdade.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos