InícioCidadeIdoso de 82 anos morre e família acusa UPA de João Pinheiro...

Idoso de 82 anos morre e família acusa UPA de João Pinheiro de negligência no atendimento

O pinheirense Santos Ribeiro dos Passos deu entrada na UPA várias vezes e, segundo a família, não foi avaliado da forma correta

Publicado em

Na última sexta-feira, 06 de janeiro, a reportagem do JP Agora recebeu uma denúncia relacionada à Unidade de Pronto Atendimento de João Pinheiro e, infelizmente, o pior aconteceu antes que pudéssemos publicar sobre o tema. As reclamações se referiam ao atendimento prestado ao idoso Santos Ribeiro dos Passos, 82 anos, que faleceu na última segunda-feira, 09 de janeiro, por negligência médica, segundo os familiares que falaram com nosso repórter. Entenda como tudo aconteceu.

Ana Maria, 61 anos, é filha do senhor Santos e recebeu nossa reportagem em sua casa na sexta-feira (06). Ela contou sobre o caso de seu padrasto com bastante revolta porque, segundo ela, ele era bastante saudável, apesar da idade, até que, no dia 25 de dezembro, sofreu o que a família acredita ter sido um AVC. A certeza do diagnóstico nunca veio por conta do que Ana Maria chamou de “péssimo atendimento da UPA”.

“Ele deu um AVC no dia 25, levamos ele para a UPA, deram soro e quando terminou, mandaram ele para casa sem fazer nenhum exame. Ficamos lidando com ele e levamos de novo antes de ontem (quarta-feira, 04 de janeiro) e o médico mandou ele para casa de novo pior do que ele foi, porque ele foi estava alimentando, tomava sua água, tomava chá, um suco e agora nada, nem água está descendo na garganta e o médico deu alta. Eu quero deixar bem claro que eu quero internar ele, ele não pode ficar sem tomar soro, eu não vou deixá-lo abandonado, ele é ser humano. Eles são médicos, mas não somos bobos” explicou Ana Maria à reportagem do JP Agora.

Para a família, estava claro que o idoso não poderia voltar para casa, principalmente porque não estava conseguindo tomar água e nem se alimentar. A ausência de exames também chamou a atenção de Ana Maria, que queria apenas saber o que havia acometido seu padrasto. Infelizmente, Santos não aguentou mais esperar e faleceu na manhã da última segunda-feira, 09 de janeiro.

Luto e providências judiciais

Santos faleceu na UPA de João Pinheiro às 11 horas de segunda-feira (09). Segundo a família, ele voltou para lá no domingo, quando tiveram que ouvir dos médicos que já não havia mais nada a ser feito, o que revoltou ainda mais a todos que acompanharam o caso de perto.

“Ele voltou para a UPA no domingo e os médicos já disseram que ele estava com diagnóstico de morte, e ele faleceu na segunda 11 horas. No total, ele foi para a UPA umas 4 vezes, falava que ele sentia dor no braço, falava isso colocava ele lá dentro, tomava soro e voltava para casa. Teve um dia que nem soro ele tomou. A UPA está uma negligência absurda. A gente que é humilde, a pessoa acontece isso aí, a pessoa fica calada, outra vez e passa pelo mesmo problema e fica calada. Só tem estagiário, os médicos não dão atenção aos pacientes, não pedem exame. Eu achei um absurdo não ter um pedido de exame sendo que foi lá tantas vezes” disse uma vizinha do idoso que também foi ouvida pela reportagem do JP Agora.

Ainda na sexta-feira, durante a entrevista, Ana Maria disse que vai processar o Município de João Pinheiro em razão do ocorrido. O JP Agora entrou em contato com a direção da UPA, mas não obtivemos retorno até o fechamento desta reportagem. Seguiremos acompanhando o caso de perto.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


6 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Mistério
18 dias atrás

Aquele gordinho que fica atendendo lá fica uma cara de deboche para quem está pedindo ajuda. E uma descaso. Falta de profissionalismo.

Debochado
16 dias atrás
Resposta para  Mistério

Também acho muito debochado, se não quer tratar com educação a pessoas e trabalhar direito da o lugar pra quem realmente quer.

Regilene
18 dias atrás

Essa UPA é um matadouro, aconteceu o mesmo com uma pessoa da minha família, o médico simplesmente deu um soro e mandou pra casa e a menina muito ruim pois tem sérios problemas de saúde, quando sair a porta graças a Deus ela deu uma crise e voltei com ela pra dentro, e eu dei o grito e fizeram os exames, felizmente ele foi pra UTI e sobreviveu, mas porque eu sou uma pessoa que luto mesmo pela vida dela, porque se dependesse da UPA minha filha tinha passado o aniversário dentro de um caixão. Descaso total em nossa cidade.

Rogério
18 dias atrás

Uma vergonha o atendimento falta de educação parece que estamos pedindo esmola enluaro setor que está com problema e a ouvidoria

22
18 dias atrás

Será que só eu não reclamo da UPA de João Pinheiro Será que tem atendimento prioritário na UPA, precisei da UPA quatro vezes tenho 32 anos a primeira vez fiquei internada por uma semana todos os tipos de exame ultrassom foram realizados em mim não tinha nada me mandaram embora para casa qual a medicação passada melhorei a próxima vez foi apenas uma febre fui voltei na UPA até porque não gosto de mim automedicar em casa,e agora a menos de um mês voltei e outra vez tive um ótimo atendimento estava muito mal não sei o medicamento que eles… Leia mais »

Cidadão sensato
17 dias atrás
Resposta para  22

Da próxima vez consulte no postinho porque UPA é lugar de emergência, não é para consultar por motivo de febre.

mais artigos