InícioPoliciaisJovem finge sequestro para tentar extorquir R$ 2 mil do marido e...

Jovem finge sequestro para tentar extorquir R$ 2 mil do marido e acaba presa em Minas Gerais

A Polícia Militar (PM) descobriu o golpe e prendeu a falsa vítima do crime, além de um suspeito de ter participado da farsa

Publicado em

Uma mulher fingiu o próprio sequestro para tentar extorquir R$ 2 mil do marido, em Uberlândia, no Triângulo Mineiro. A Polícia Militar (PM) descobriu o golpe e prendeu a falsa vítima do crime ainda nesta sexta-feira, 9 de dezembro.

De acordo com a história contada pela mulher, ela teria sido levada pelos sequestradores ainda na noite de quinta-feira, 8 de dezembro, quando dois homem a obrigaram a entrar em um carro branco, no Bairro Santa Mônica, na Região Leste da cidade.

Os criminosos, então, passaram a ligar para o marido da falsa vítima e exigiram R$ 2 mil como resgate. Ao registrar o fato na polícia, ainda sem saber que se tratava de um falso sequestro, o homem disse que ela poderia ter sido levada por causa de um dívida dele.

A PM conseguiu imagens do momento do sequestro e isso ajudou na identificação dos envolvidos. Chamou a atenção o fato da mulher ter sido liberada sem o pagamento. Ao ser encontrada, na sexta-feira, ela contou que teria ficado alguma horas no carro dos supostos sequestradores, que rodaram por vários locais de Uberlândia. A falsa vitima também disse que teria sido ameaçada de morte.

Os levantamentos dos policiais mostraram que a história era inconsistente, principalmente porque os sequestradores eram conhecidos da mulher. A PM conseguiu encontrar os suspeitos do crime, que confirmaram se tratar de uma simulação. Ainda não se sabe o motivo da tentativa de extorsão.

Além da mulher que fingiu ser vítima, um homem acabou preso. O segundo homem foi liberado por falta de provas contra ele.

FonteEM

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos