Lapides de casal com escritas pra lá de inusitadas chamam atenção em cemitério de Lagoa Formosa

Os dois faleceram num intervalo de 10 anos, mas deixaram um grande legado e um desejo pra lá de inusitado que foi materializado pelos filhos em suas lápides no cemitério de Lagoa Formosa

Até que a morte os separe! Quem nunca ouviu essa frase ao final dos votos dos noivos em um dia de casamento? Em alguns casos, o amor acaba e a separação vem bem antes da morte. Já em outros, o amor é tão forte que uma vida só é insuficiente para vivê-lo por completo. É o caso do José Borges Mundim e da Leontina Silva Mundim. Os dois faleceram num intervalo de 10 anos, mas deixaram um grande legado e um desejo pra lá de inusitado que foi materializado pelos filhos em suas lápides no cemitério de Lagoa Formosa.

No dia de finados, pessoas que passaram pelo cemitério em Lagoa Formosa visualizaram as lapides do casal, fotografaram e a imagem viralizou nas redes sociais. De acordo com Raquel Maria, sobrinha do Sr. José Borges, tudo começou em uma reunião entre cleros. Isso mesmo, o Sr. José Borges Mundim era padre e abandonou o sacerdócio para se casar. “O filho dele se tornou padre e em todos os lugares ele levava o pai e em uma dessas reuniões surgiu o bendito pedido”. Disse Raquel.

Foi perguntado a ele o que ele gostaria que escrevessem em sua lápide após o seu falecimento e o Sr. José bastante humorado disse: “Vivi todo arranhado, mas não larguei a minha gata”. “Ele era muito humorado, muito extrovertido e levava a vida sempre com muita leveza” disse Raquel. Aos 101 anos, o Sr. José Borges morreu no ano de 2011. Alguns familiares não gostaram da ideia, mas os filhos fizeram questão de que o desejo do pai fosse atendido e a frase foi colocada em sua lápide.

Publicidade
Farmacia Pinheirense 970x250 1

A Sra. Leontina Maria morreu aos 93 anos em 2019, oito anos depois da morte do marido. Os filhos do casal então decidiram levar o desejo do pai ainda mais adiante e pensaram que a mãe também merecia uma frase emblemática em sua lápide. E foi aí que os filhos decidiram colocar a seguinte frase: “Pois é… A sua gata chegou e o seu descanso eterno acabou José”. “Eles sempre levaram a vida com muito humor e muita alegria, no momento da morte não poderia ser diferente, pois todos que passarem pelo local, mesmo tristes pela perda de algum ente querido, vão olhar as lápides e ter um motivo para sorrir” disse Raquel, sobrinha do casal.

2 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


2 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
REGIANE DE MELO MENEZES
24 dias atrás

Quem tem alegria, contagia quem não tem.Esse casal e exemplo de viver o verdadeiro amor .Por toda vida terrena eles vão deixar o marco da “alegria” pois e muito difícil alguém ler e não sorri.🤣🤣

Abençoada por Deus.
24 dias atrás

Kkkkk meu marido pode pensar numa frase pra ele deixar escrita pra eu completar .

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias