Publicidade
Chegou seu momento - Faculdade Cidade de João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeLeve sua colinha: chefe do cartório eleitoral de João Pinheiro passa orientação...

Leve sua colinha: chefe do cartório eleitoral de João Pinheiro passa orientação para eleitores

Ordem de votação deve ser observada por todos na hora de votar

Publicado em

O primeiro turno das eleições de 2022 vai acontecer no próximo domingo, 02 de outubro. Pensando na expectativa que envolve a data, Hércules Junior, chefe do Cartório Eleitoral de João Pinheiro, destacou, em entrevista, a importância do eleitor levar uma colinha com os números de seus candidatos.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

Segundo Hércules, é importante que o eleitor observe bem a ordem de votação para que não aconteça nenhum imprevisto. Para isso, ele recomenda que todos levem uma colinha com todos os números.

“A ordem de votação deve ser obedecia. Primeiro, se vota em Deputado Federal, depois em Deputado Estadual, seguido de Senador, Governador e, por último, par Presidente da República. O eleitor pode e deve levar uma colinha com todos os números, inclusive isso é uma recomendação da Justiça Eleitoral” destacou Hércules Junior.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

O que levar no dia da votação?

Para acessar a urna, o eleitor deve apresentar, obrigatoriamente, um documento pessoal com foto para comprovar a identidade. O título de eleitor físico não é obrigatório, mas a Justiça Eleitoral recomenda tê-lo em mãos para verificar o local de votação.

Os documentos com foto são obrigatórios também para quem tem e-Título (é possível verificar o local de votação no aplicativo) com a biometria registrada na Justiça Eleitoral. O mecanismo está com uso interrompido devido à pandemia da Covid-19.

Publicidade

Veja abaixo alguns documentos válidos:

  • Carteira de identidade
  • Identidade social
  • Carteira de trabalho
  • Carteira nacional de habilitação
  • Passaporte ou outro documento de valor legal equivalente
  • Carteira de categoria profissional reconhecida por lei
  • Certificado de reservista (para homens cis ou transgênero)

A consulta do local de votação é muito simples: pode ser feita no site do Tribunal Superior Eleitoral pelo nome, número do título ou CPF do eleitor. Nos três casos, é preciso fornecer a data de nascimento e o nome da mãe. O eleitor também pode fazer a consulta pelo WhatsApp automatizado do TSE, no número (61) 9637-1078. Então, basta entrar e marcar a opção 6.

Publicidade

Também é possível obter o título por meio do aplicativo e-Título, disponível para os aparelhos de celular e tablets que utilizam os sistemas operacionais iOS (iPhone) e Android.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos