Publicidade
Anúncio: J3 Ar Condicionado em João Pinheiro - Manutenção, Higienização e Instalação de Ar de todas as marcas
Publicidade
InícioMinas GeraisMãe, namorado e sogro são presos por estuprar criança de 9 anos...

Mãe, namorado e sogro são presos por estuprar criança de 9 anos em Minas Gerais

Um terceiro homem, flagrado na cama com a vítima, também foi preso

Publicado em

A Polícia Civil prendeu nesta segunda-feira (7) quatro pessoas acusadas de participarem do estupro de uma criança de 9 anos em Bertópolis, no Vale do Mucuri. Segundo a corporação, entre os presos estão a mãe da menina, de 36 anos, o companheiro dela, de 48, o sogro dela, de 81, além de um outro homem de 48 anos que foi flagrado na cama com a vítima. Ainda segundo a Polícia Civil, outros dois adolescentes, vizinhos da criança, também teriam a estuprado. Os crimes foram repetidos diversas vezes pelos suspeitos.

Publicidade
J7 Imobiliária - O sonho da casa está aqui

As prisões ocorreram durante a operação Tofete. Segundo a investigação da Delegacia de Águas Formosas, o namorado da mãe da vítima e o pai dele teriam estuprado a menina na casa dela. Já o outro preso foi flagrado pela mãe da menina na cama com a vítima.

A investigação apontou ainda que a vítima, juntamente com seus irmãos, “eram constantemente expostos às práticas sexuais da mãe com os companheiros dela, sendo a vítima constrangida a reproduzir tais atos com os irmãos”.

Publicidade
Pop Pet Center em João Pinheiro

Em outubro do ano passado, a mãe entregou todos os filhos ao Conselho Tutelar alegando não ter condições de cuidar deles. A menina, então, foi adotada e quando se sentiu segura no novo lar, contou sobre os abusos sofridos. Os pais adotivos procuraram a polícia, que instaurou inquérito e pediu a prisão dos investigados devido aos crimes hediondos por eles cometidos, “em condutas comissivas e omissivas”.

Os presos já estão no sistema prisional, onde permanecem à disposição da Justiça.

Publicidade
FonteO Tempo

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Galo Doído
7 meses atrás

O ser humano perdeu a noção das coisas, que absurdo, se isso e chamada de mãe saber de tudo a ainda fazer parte dessa carnificina. Tem que ser queimada viva uma coisa dessa em praça pública.

♥️ puro
7 meses atrás
Resposta para  Galo Doído

Smp existiu isso o problema que antigamente eram poucas pessoas que tinha acesso a internet e aos jornais.

Elda Ribeiro
7 meses atrás

E muita loucura que isso um absurdo

Publicidade
Irônico
7 meses atrás

Essa mãe deve ter um distúrbio mental, só PD! Além de fazer essa barbaridade colocava os irmãos da criança p repetir os atos c ela? 🤮

mais artigos