Morre em João Pinheiro o Ex-Policial Civil Hélio Cabral do Couto; mais uma vítima da Covid-19

Ele tinha 74 anos e faleceu neste último dia 23 em decorrência da Covid-19

A Covid-19 fez mais uma vítima em João Pinheiro. Hélio Cabral do Couto de 74 anos era aposentado e deixa esposa, filhos e um grande legado na cidade. Ele estava internado no Hospital Municipal desde o dia 12 de agosto. Nessa última sexta-feira (20) teve uma piora em seu estado de saúde e chegou a ser levado para uma Unidade de Terapia Intensiva, mas acabou não resistindo e morreu três dias depois. Hélio era servidor público aposentado e bastante respeitado em toda a região.

Amigos e familiares lamentaram a morte de Hélio. Embora já estivesse aposentado, ele contribuiu muito para a segurança pública de João Pinheiro, atuando na Polícia Civil por quase 30 anos. Natural de Santo Antônio do Monte, Hélio veio para João Pinheiro ainda quando era criança e desde então desenvolvia seus trabalhos na cidade. Ele foi servidor da Prefeitura Municipal e Policial Civil por quase 30 anos.

De acordo com o filho Aristoteles Cabral de 38 anos, seu pai foi um homem honrado, ético, um exemplo de pai e marido. Hélio já havia tomado as duas doses do imunizante contra a Covid-19 e tratava um enfisema pulmonar há cerca de 8 anos. Hélio deixou a esposa Francisca Xavier Cabral de 67 anos e três filhos, Uelinton Xavier Cabral de 47 anos, Jaqueline Xavier Cabral de 45 e Aristoteles Cabral de 38 anos.

Publicidade
Farmacia Pinheirense 970x250 1

A Equipe do JP Agora lamenta profundamente a morte de Hélio Cabral do Couto e se solidariza com toda a família neste momento de consternação.

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Cidadão Pinheirense
3 meses atrás

Notório policial civil da nossa cidade, pertencente aos tempos de gloria PCMG. Só uma ressalva o mesmo não é EX POLICIAL e sim policial civil aposentado, pertencente ao quadro da PCMG.

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias