Publicidade
Só Vem OdontoCompany - 4000 pinheirenses cuidando do sorriso aqui
Publicidade
InícioCidadeMPMG destina mais de R$400 mil para construção de Batalhão de Bombeiros...

MPMG destina mais de R$400 mil para construção de Batalhão de Bombeiros Militar em São Gonçalo do Abaeté

Valor destinado busca ampliar a proteção ao meio ambiente no município

Publicado em

O Ministério Público de Minas Gerais (MPMG), por meio da 5ª Promotoria de Justiça da comarca de Patos de Minas e da Coordenadoria Regional de Meio Ambiente das Bacias dos Rios Paracatu, Urucuia e Abaeté, destinou o valor de R$ 478.297,54 para o Projeto de Estruturação Logística do 12º Batalhão de Bombeiros Militar. A iniciativa busca ampliar a proteção ao meio ambiente no município de São Gonçalo do Abaeté e região.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

A verba é originária do Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado pelo MPMG com a empresa Nexa Recursos Minerais S/A visando à reparação e compensação por dano ambiental nas águas subterrâneas do distrito de Beira Rio, em São Gonçalo do Abaeté, na comarca de Patos de Minas, no Alto Paranaíba.

O projeto apresentado pelo Corpo de Bombeiros tem como objetivos: desenvolver campanhas de educação e conscientização ambiental com a comunidade rural de São Gonçalo do Abaeté, buscando a prevenção aos incêndios florestais; realizar treinamentos com voluntários das comunidades rurais para disseminação da cultura de prevenção e autoproteção, bem como para a capacitação da comunidade rural para primeira resposta até a chegada do Corpo de Bombeiros Militar; realizar simulados de evacuação da comunidade de Beira-Rio, em São Gonçalo do Abaeté, visando à adoção de medidas de autoproteção pela comunidade inserida na área de mancha de “dam break”; e estruturar o CBMMG para preparação e resposta aos desastres relativos a incêndios florestais e rompimento de barragens.

Publicidade
Nossa equipe está pronta para te atender - POP Pet Center João Pinheiro

Com os valores, serão adquiridos uma viatura caminhonete, um kit de combate a incêndios florestais com conjunto motobomba, um drone, uma estação repetidora digital/analógico portátil, além de kit de equipamentos e ferramentas de combate a incêndio florestal.

Para o tenente coronel Thiago Lacerda Duarte, comandante do 12º Batalhão do CBM, “o projeto representa importante avanço na construção da resiliência a desastres no município de São Gonçalo do Abaeté e região, ao promover a estruturação logística do 12º batalhão para proteção ao meio ambiente e preparação das comunidades para os riscos de incêndios florestais e rompimento de barragens de mineração, especialmente na região do Beira-Rio”.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

O promotor de Justiça José Carlos de Oliveira Campos Júnior, da 5ª Promotoria de Justiça da comarca de Patos de Minas, também destacou a importância do projeto. Para ele, a estruturação dos bombeiros na região é um investimento na segurança das pessoas potencialmente afetadas por desastres e situações de risco, na região do Beira-Rio. “A população ribeirinha, além de poder contar com os bombeiros mais preparados para o enfrentamento dos problemas ambientais na região, vai receber capacitação para a autodefesa, o que, pode ajudar a evitar cenários piores em situações de calamidade, como a de contaminação de recursos hídricos, incêndios e rompimento de barragens”, afirma.

Já a coordenadora regional de Meio Ambiente (CRPUA), Carolina Lameirinha, ressaltou que a atuação conjunta do Corpo de Bombeiros e do Mistério Público permite o melhor enfrentamento de situações de risco. “O projeto, além de dar um retorno específico para a comunidade de São Gonçalo do Abaeté, qualificará o Corpo de Bombeiros para atuar em toda a região do Alto Paranaíba”.

Publicidade

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos