Mulher suspeita de matar amiga é presa após usar vários disfarces para despistar a polícia em Várzea da Palma

Homicídio aconteceu em maio na cidade de Paracatu e suspeita estava foragida desde então

Késsia Rodrigues de Lima, 21 anos, foi presa pela Polícia Civil em Várzea da Palma – MG na última terça-feira, 30 de novembro. A mulher é acusada de matar a própria amiga no dia 21 de maio e estava foragida desde então, valendo-se de diversos disfarces.

O homicídio aconteceu em Paracatu – MG. Segundo apurado pelo JP Agora, utilizando um revólver calibre .38, a suspeita Késsia teria atirado três vezes contra sua amiga Jacqueline dos Reis Benedete, de 30 anos, atingindo ombros e pescoço. A vítima chegou a ser socorrida, mas não resistiu aos ferimentos.

Jacqueline foi baleada no Bairro Chapadinha 1. Uma testemunha ajudou no socorro da mulher para o hospital, onde a Polícia Militar foi acionada e começou as diligências para apuração do crime. De lá, os militares foram até o local do homicídio e abordaram o marido da vítima, o qual contou à PM que sua esposa estava com Késsia, mas não notou nenhum desentendimento entre as duas.

Publicidade
Dom Churrasco em João Pinheiro - Barca de Churrasco e Jantinha

O marido disse, ainda, que no dia 21 de maio, as amigas estavam em uma residência com outros amigos, os quais teriam lhe dito que a autora dos disparos seria Késsia. Nenhuma outra testemunha foi encontrada para esclarecer os fatos.

Apesar disso, a suspeita Késsia fugiu de Paracatu e estava foragida desde o dia do crime, até que foi localizada pela Polícia Civil de Várzea da Palma. A suspeita chegou a trocar de corte e cor de cabelo várias vezes durante sua fuga, até que os investigadores fecharam o cerco contra ela.

Participaram da operação, o Delegado da Polícia Civil Dr. Raphael Boechat, além dos investigadores Amarildo, Adriana, Maria Luiza, Thiago, João Paulo e a escrivã Núbia Caldeira.

Mulher suspeita de matar amiga é presa após usar vários disfarces para despistar a polícia em Várzea da Palma

1 COMENTÁRIO


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
DELTON
1 mês atrás

tipo ruim, falta de DEUS e desejar bem as pessoas

Artigos relacionados

Últimas Notícias