InícioCidadeO pau quebrou: pré-candidato a prefeito é posto pra correr durante gravação...

O pau quebrou: pré-candidato a prefeito é posto pra correr durante gravação de denúncia em obra no interior de Minas

Gabriel Neto (PL) foi atacado enquanto criticava a conservação do local; agressores ainda não foram capturados

Publicado em

O pré-candidato à prefeitura de Matipó, na Zona da Mata, Gabriel Neto (PL), sofreu um ataque enquanto tentava gravar um vídeo no Parque de Exposições da cidade. Neto, que estava acompanhado de um assessor, planejava destacar a má conservação do espaço, mas foi interrompido e agredido por indivíduos locais.

De acordo com o boletim de ocorrência, o incidente começou quando algumas pessoas abordaram o pré-candidato, argumentando que ele não tinha o direito de “fiscalizar ou filmar o local”. A discussão escalou rapidamente para violência física, resultando em Neto sendo atingido com uma ripa de madeira. Após as agressões, ele foi forçado a fugir do local e buscar ajuda no quartel da Polícia Militar.

Gabriel Neto realizava uma transmissão ao vivo em uma rede social no momento do ataque, permitindo que o incidente fosse registrado em vídeo. As imagens mostram um dos agressores confrontando Neto com acusações de que ele estava “prejudicando os outros” no parque. Pouco depois, a transmissão foi interrompida.

O pré-candidato precisou de atendimento médico e foi encaminhado a um hospital local. Na manhã seguinte, ele prestou depoimento na delegacia de Matipó. Os agressores foram identificados pela polícia, mas ainda não foram localizados.

A prefeitura de Matipó foi contatada para comentar o incidente, mas até o momento desta publicação, não houve retorno. A situação continua a ser investigada, e as autoridades estão em busca dos responsáveis pelo ataque. A comunidade aguarda esclarecimentos e medidas para garantir a segurança dos candidatos e da população durante o período eleitoral.

Assinar
Notificar

Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


5 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
GALO DOIDO
19 dias atrás

KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Lororta
19 dias atrás

Vou rir não kkkk

Zé Povim
19 dias atrás

Faz arminha seu “pistolinha”, cria do cramunhão do BOZO! KKKKKKKKKK

Kvskp
18 dias atrás
Resposta para  Zé Povim

Hummm mais Petista que defende obra inacabada. Kkkkkkkkkkkkk.

Pinheirense
17 dias atrás

Esses funcionários públicos são tudo safado e nó cego em João Pinheiro tá cheio desse tipi