Publicidade
Tratamento com as melhores condições - OdontoCompany João Pinheiro
Publicidade
InícioCidadeParceria entre entes públicos entrega 15 mil alevinos ao Rio Paracatu, em...

Parceria entre entes públicos entrega 15 mil alevinos ao Rio Paracatu, em Brasilândia de Minas

Prefeitura, Codevasf, Polícia Militar Ambiental e Emater entregaram 15 mil alevinos das espécies Curimatã e Pacu no dia 18 deste mês

Publicado em

No dia 18 de março, 15 mil alevinos foram entregues ao Rio Paracatu em Brasilândia de Minas. A ação aconteceu em parceria da Prefeitura Municipal, Codevasf, Polícia Militar Ambiental e Emater. O peixamento contou com as espécies Curimatã e Pacu.

Publicidade
Sicredi - Unidade inaugurada em João Pinheiro

A ação foi realizada em razão da importância das funções ecológicas dos peixes no ecossistema do rio, como a manutenção da cadeia alimentar, necessária para manter a biodiversidade, evitando, por exemplo, a extinção local de espécies devido à competição exacerbada por recursos alimentares.

“Os peixamentos servem à revitalização de mananciais hídricos, em defesa da ictiofauna, e à conscientização da população para a necessidade de preservação da fauna nativa do Rio Paracatu — é por essa razão que a soltura de alevinos é de extrema importância. A nossa gestão é focada em preservar os recursos naturais” disse Jarmerson, Secretário de Agricultura, ao repórter do JP Agora.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

O peixamento aconteceu no dia 18 de março às 13 horas.

Parceria entre entes públicos entrega 15 mil alevinos ao Rio Paracatu, em Brasilândia de Minas

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lets
8 meses atrás

Tinha que acabar com pescador profissional, é um absurdo ter profissional em bacias que mal tem água, isso deveria existir só onde não existe muitas atividades econômicas e chances de empregos, como na região amazônica.

A verdade
8 meses atrás

É brincadeira viu! Foi movimentado vários órgãos públicos pra soltar só 15 mil alevinos???? Em uma lâmina d’água de 400 metros quadrados coloca até 3 mil alevinos. Pra compensar os gastos tinha que ser ao menos 100 mil alevinos

BBB
8 meses atrás
Resposta para  A verdade

Vai lá e coloca mais.

Publicidade

mais artigos