InícioCidadePinheirense ameaça Corpo de Bombeiros após acionamento para resgate de pitbull solto...

Pinheirense ameaça Corpo de Bombeiros após acionamento para resgate de pitbull solto na rua em João Pinheiro

Cão se apresentava bastante desnutrido e sem forças para oferecer qualquer tipo de perigo à população, motivo pelo qual não foi levado pela guarnição

Publicado em

Militares do Corpo de Bombeiros da cidade de João Pinheiro passaram por uma situação inusitada na tarde do último sábado (03) na Rua Capitão Speridião. Um pinheirense ameaçou chamar a imprensa para a guarnição depois que ela se recusou a capturar um pitbull que não oferecia riscos à integridade física de ninguém, já que estava completamente desnutrido e sem forças. Entenda.

A reportagem do JP Agora apurou que o acionamento aconteceu por volta das 16:30 horas. O solicitante chamou o resgate via 193 informando que havia um pitbull solto na frente de sua residência e que, por conta disso, ele temia por sua integridade física. Os militares foram até o local e constataram, no entanto, que o cão era extremamente dócil e se apresentava bastante fraco, sem forças para oferecer qualquer tipo de risco ao solicitante ou para quem quer que seja.

Os bombeiros explicaram, então, que o cachorro não precisava ser capturado, pelo contrário, precisava ser resgatado para receber atendimento médico em razão do seu estado. Ao receber a notícia de que o cão não seria levado, o solicitante se revoltou e começou a ameaçar os militares, que seguiram explicando que não era o caso de captura. O morador, então, passou a não impedir a entrada do cachorro em sua garagem insinuando que o Corpo de Bombeiros não atendeu a sua solicitação.

Então, o solicitante começou a ameaçar a guarnição dizendo que iria acionar a imprensa caso o cachorro não fosse levado e, ao ver que os militares não cederam à ameaça, afirmou que amarraria o pitbull e o jogaria no meio do mato. Diante da situação, os militares pediram os dados do morador para registrar a ocorrência, mas ele se recusou a repassar, o que não impediu o registro do fato, que deverá ser encaminhado às autoridades competentes.

O JP Agora esclarece que não compete ao Corpo de Bombeiros realizar o resgate de animais em situação de rua, principalmente porque não existe sequer um canil que os acolha. O trabalho social desempenhado pela Asfipa não pode ser confundido com canil público, principalmente por todas as dificuldades que a associação enfrenta para se manter. Casos de resgate de pitbull acontecem, no entanto, em razão do risco que cães desta raça podem oferecer a terceiros, o que não foi o caso registrado no último sábado (03). A reportagem do JP Agora, enquanto órgão de imprensa, se solidariza com a guarnição vítima das ameaças e condena a atitude do pinheirense.

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


1 Comentário
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Correção
1 mês atrás

Bom, até onde eu sei, “ameaçar de chamar a imprensa” não configura o crime de ameaça!!!

Esse título da matéria aí tá meio distorcido heim.

mais artigos