Pinheirense sofre derrame cerebral e família cobra providências da Prefeitura de João Pinheiro

Em áudio divulgado nas redes sociais, Aline expõe sua indignação para com a administração municipal

Depois que seu irmão Fábio Junior sofreu um derrame cerebral, Aline, de 32 anos, ficou na bronca contra a administração municipal de João Pinheiro por conta do tratamento recebido pela família. Segundo a mulher, Fábio Junior aguarda um leito e um profissional capacitado para realizar um procedimento cirúrgico, mas as autoridades não estão tomando as providências necessárias.

Bastante emocionada, Aline enviou um áudio para a página @agoranewsbr criticando a postura da Prefeitura Municipal de João Pinheiro. Ela chegou a acusar a médica que atendeu seu irmão em um primeiro momento na UPA.

“(…) Ele foi diagnosticado (com derrame) e até agora não encaminharam um leito, não fazem questão. Já pedi pelo amor de Deus, é dever do estado, é dever da prefeitura, que é a saúde. Estou aqui pedindo um grito de socorro porque aqui em João Pinheiro está um caos. (…) Acho uma falta de respeito uma médica dizer que um cara que está com sintomas de derrame não pedir um exame de sangue, não passar um medicamento, simplesmente mandar voltar para casa” disse a mulher no áudio enviado para a página @agoranewsBR.

Assim que soube da situação, o JP Agora procurou Aline para uma entrevista. Pelo WhatsApp, a mulher explicou um pouco mais a respeito do quadro de seu irmão Fábio Junior e também sobre suas reclamações contra a Prefeitura Municipal de João Pinheiro.

Segundo Aline, o seu irmão deu entrada na UPA no domingo já apresentando os sintomas do derrame. Contudo, depois que não solicitar qualquer tipo de exame e de incitar que ele estaria sob efeitos de drogas, a médica o liberou para casa. Ainda de acordo com a versão da mulher, na segunda-feira Fábio Junior consultou no Hospital Sant’ana, quando então recebeu o diagnóstico de derrame. Depois disso, ele voltou para a UPA para ser internado e aguarda os próximos passos desde então.

“Uma cidade que se diz referência na saúde, como me disseram hoje em reunião na UPA. Deixar acontecer um episódio tão triste como esse, uma pessoa com derrame cerebral precisando de ajuda e não conseguir um leito é vergonhoso. Mais vergonhoso ainda é ver a preocupação em não resolver o problema, que é um meio de achar um leito, um médico adequado. Estamos na luta, todo mundo está reunido aqui, a família, estamos correndo atrás e Deus vai abençoar que vai dar tudo certo” disse Aline à redação do JP Agora.

Nesta quarta-feira, Fábio Junior segue internado aguardando um leito e um profissional da área para realização de procedimento cirúrgico para correção do derrame. Aline disse que está encontrado dificuldades até para conseguir informações a respeito do atual estado de saúde do irmão.

“A gente não consegue ver ele e muito menos ter informações sobre ele. É um descaso total, a saúde de João Pinheiro é uma vergonha, você chega na recepção para ter uma notícia, porque diz que não pode acompanhar, o cara está tendo alucinações, não está com seu juízo perfeito porque está com derrame, então não pode acompanhar. Como que você não pode acompanhar uma pessoa assim que precisa de ajuda, de cuidados. Pede informação na portaria, não tem informação nenhuma, não pode entrar para ver, você quer falar com médico não tem informação com médico. É um descaso total, vergonhoso.”

O JP Agora continuará acompanhando o caso de Fábio Junior

15 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


15 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Sílvia
3 meses atrás

Penso que ela está apenas desabafando pelo momento que estão passando, é direito de qualquer um, não julgo pois sus nunca funciona como deveria e para transferência é ainda mais complicado

Povinho besta
3 meses atrás

Vai atrás do seus direito, protesta denúncia no ministério público, É seu irmão faz o que tem que fazer.

Cabeceira
3 meses atrás

Aí depois que morrer eles chamam pra reconhecer o corpo 🤷

José Aparecido
3 meses atrás

Aconteceu o mesmo com meu avô. E por terem demorado no atendimento hoje ele perdeu o movimento das pernas e está ade cama. Negligência total do medico que deixou falou que ele estava com problema de coluna.
Médico incompetente que só pensa no salário!!!

Geraldo
3 meses atrás

Nossa se João Pinheiro é referência em saúde imagino os outros lugares em!!!

José Roberto Duval Lucio
3 meses atrás

Boa noite.
Onde foi empregado o recurso que os deputados liberaram para a saúde de João Pinheiro?
Precisa ser investigado.
João Pinheiro está precisando de um hospital mais equipado para atender a população.
Mas não, os pacientes tem que sair daqui para tratar em Pato de Minas ou em Uberlândia. Se tivesse um atendimento melhor aqui o município ia fazer uma economia Boa.
Vamos ficar de olho 👀👀
Época de eleição acontece de tudo.

Curioso
3 meses atrás

Uma vizinha minha tava com problema no intestino levou pra upa os medico mandou pra casa disse eles que não tinha cura podia e embora pra morrer em casa.os familiares levaram ela pra patos fez cirurgia a mulher tá das mas boa …upa jp só tem estagiários.

Mãe de aluno
3 meses atrás

Pelo contrário de muitos hospitais municipais que conheço,o hospital de João Pinheiro tem um ótimo atendimento,o que dificuldade é conseguir a transferência para outra cidade,tive um parente meu que infartou e precisou sair com ele pra BH fazer cirurgia,e vi o esforço que eles fizeram para conseguir uma vaga, dentro de 5 dias ele foi encaminhado pra BH e conseguiu a cirurgia, é complicado mesmo,não julgo o desespero dessa irmã,mas tem que ver que não é culpa do hospital,tem todo um processo pra chegar até uma cirurgia,Deus vai encaminhar pra dar tudo certo.

Bbb
3 meses atrás

É só levar para hospital particular, não precisa dar show e nem falar nada de ninguém l.

Realista
3 meses atrás
Resposta para  Bbb

Queria ver se fosse um parente seu, se você ia pensar dessa forma 😡

EEE
3 meses atrás
Resposta para  Bbb

Pagamos impostos e pra ter um bom atendimento principalmente na área da saúde (Sus) .se todos tivessem condições e claro que iriam no particular. Ela ta no direito de reclamar sim , tem que correr atrás dos direitos.

Alguém
3 meses atrás

Vergonhoso é dar show igual essa mulher está dando, ao invés de ter postura para ajudar o irmão, só está atrapalhando, misericórdia 😲, está tão insatisfeita pega o irmão e transfere por conta própria. Hospital Nossa Senhora de Fátima tem vaga é só ela negociar lá e levar ele.

Realista
3 meses atrás
Resposta para  Alguém

Vergonhoso é você agir dessa forma, por isso a saúde em João Pinheiro nunca prestou e nem vai prestar enquanto tiver esses idiotas que pensam dessa forma, ela paga imposto é aqui em João Pinheiro, é direito dela cobrar.

Rack 298
3 meses atrás
Resposta para  Alguém

Não sabe nem o que fala queria ver ser foce vc ou algum parente seu mais para vc seria alcontrarino neh por que vc trabalha no PA então seria mais fácil

Rack 298
3 meses atrás
Resposta para  Rack 298

Deixa de ser Maria fifi fica conversando fiado como pode existir pessoas com este tipo de pensamentos Deus tenha misericórdia só peço a Deus que vc nuca passe por isto e que ele mude seu pensamento pois vivemos em um mundo cheio de c1

Artigos relacionados

Últimas Notícias