Prefeitura de João Pinheiro proíbe novamente a venda de bebidas alcoólicas no município

Medida foi tomada após recomendação do Ministério Público

O Prefeito de João Pinheiro Edmar Xavier acaba de anunciar que está proibida a venda de bebidas alcoólicas no município. A nova adoção da lei seca foi recomendada pelo Ministério Público e visa diminuir a taxa de contaminação diária do coronavírus.

O anúncio foi feito instantes atrás em coletiva, onde a Promotora de Justiça também esteve presente. Edinho comentou que a nova adoção da lei seca foi sugerida pelo Ministério Público e que se faz muito pertinente neste momento, já que o município registrou uma alta taxa de contaminação em outros feriados prolongados.

Assim, a comercialização de bebidas alcoólicas já está proibida neste momento em todo o município, em qualquer tipo de estabelecimento, e assim permanecerá até a segunda-feira pós páscoa, dia 05 de abril.

Publicidade
Supermercado Líder - Corrida Premiada

Edinho ressaltou, por fim, que as igrejas poderão funcionar com as restrições que já estão sendo adotadas. Pediu, ainda, a compreensão de todos para que as liturgias não excedam o limite máximo do toque de recolher e que evitem ao máximo a aglomeração de pessoas.

Ivermectina

Na coletiva, o Prefeito Edmar Xavier afirmou que o município de João Pinheiro seguirá a recomendação do Ministério Público e fornecerá a ivermectina somente nos postos de saúde com prescrição médica.

Sobre a recomendação, Edinho ressaltou que a prefeitura e o Ministério Público são parceiros na luta contra a Covid-19 e que não existe luta de forças entre os dois, ao contrário, existe a comunhão de esforços para parar o avanço da doença no município.

Portanto, aquele que se interessar em fazer o uso do medicamento, deve procurar o posto de saúde mais próximo e consultar com o médico.

14 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


14 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Rei cirurgia moral
9 meses atrás

Boa Edinho

Realista
9 meses atrás

Podia proibir para sempre.

João
9 meses atrás

Medida nescessária e ficar de olho nos que vem de outros lugares trazendo a bendita , sítios prainha assentamento lotados aí semana seguinte covid de novo

Cidadão
9 meses atrás

Sobre a Ivermectina, as pessoas podem ter uma falsa sensação de segurança por tomar medicação que acreditam que possa ter algum efeito e deixam de adotar medidas que sabidamente evitam a transmissão, como o distanciamento social, uso de máscaras e higienização das mãos.

Zé Povim
9 meses atrás

Uai, cadê a ivermectina? Num funcionou, né? Vamos ver até onde vai toda essa falta de compromisso do povo, e assumir que tem que haver lockdown!

Cada um com seus deveres e direitos
9 meses atrás
Resposta para  Zé Povim

Se fosse assim as coisas em São Paulo estaria sob controle, de tanto Lockdown. E lá tá pior que todos os outros estados juntos… E se vc tem condições fica em casa, e cuida da sua vida, pois cada um sabe onde o calo dói…. Assim como a ivermectima, o Lockdown tbm não tem nenhuma comprovação científica.

Paulo
9 meses atrás

Mas quando vai chegar às vacinas para todos ou não vai chegar nunca

Sacanagem
9 meses atrás

Pq não vão na avenida próxima a igrejinha ver a quantidade de pessoas com mais de 40, 50 anos fazendo caminhada sem máscara?
E perguntar o prefeito, se as empresas que estão sendo prejudicadas, vão ter isenção de impostos.

Última edição 9 meses atrás by Sacanagem
Jorge
9 meses atrás

Sera que o ministério publico e a promotora nao poderiam tambem entrar com a ação contra aumento do imposto do combustível, isso seria de grande valia, e ajudaria o povo ja ta dificil a coisa ai falar em aumento de impostos, zema mercenário faz isso pq quem paga ate sua gasolina somos nos

Marcos Castro
9 meses atrás

Donos de bares estão lascados, é decreto em cima de decreto que acaba com a vida deles.
Eu não acho que isso resolva, pois tinha que acabar com as aglomerações em si, Prainha, estacionamento do aeroporto, Cachoeira do Garimpo, ponte do Kika, Ribeirão dos Órfãos, todos, todo final de semana tem aglomeração, com a venda de bebidas na cidade ou não. Esse povo compra fora da cidade, pede para alguém trazer de Patos, Paracatu, Brasília. Não adianta, só prejudica a vida de quem vive do comércio na cidade.

9 meses atrás
Resposta para  Marcos Castro

É uma verdadeira .. comédia . bebida alcoólica não tem nada a ver ..com corona .. tenha paciência é só pra compricar mais as coisas.. é só pra enlouquecer o serumano

Realista
9 meses atrás
Resposta para  Marcos Castro

Se estivessem vendendo coisas úteis, poderiam estar vendendo.

Cada um com seus deveres e direitos
9 meses atrás
Resposta para  Marcos Castro

Mais aí o problema é do povo que não tá nem aí….O governo tá tentando e muitos que querem que fecham os comércios são os primeiros que promovem as farrinhas, trabalhar e perigoso, mais beber com os amigos blz.

SEI LÁ!
9 meses atrás

COMÉDIA

Artigos relacionados

Últimas Notícias