Retorno às aulas presenciais na rede Municipal também é obrigatório, esclarece Secretária da Educação de João Pinheiro

Alunos que possuam alguma enfermidade que o coloque em grupo de risco devem apresentar um laudo médico para continuar no sistema híbrido

O retorno às aulas presenciais marcado para o próximo dia 03 de novembro é obrigatório. É o que esclareceu a Secretária da Educação de João Pinheiro, Izolina, à redação do JP Agora. Uma equipe de reportagem do site a procurou na manhã desta quinta-feira (28) para que o assunto ficasse completamente claro para a população pinheirense.

“A determinação do Governo de Minas é para que retorne no dia 3 de novembro. Então, nós vamos obedecer e, se Deus quiser, dia 03 retornaremos com 100% das aulas presenciais” pontuou Izolina.

A secretária seguiu apontando a importância do diálogo entre família e escola nesta etapa de transição, principalmente porque a preocupação com a segurança dos aulos deve ser levada muito a sério.

“Precisamos de uma parceria muito próxima com vocês pais de alunos porque precisamos zelar pela educação e pela saúde. Nossa fala não mudou, estamos retornando agora porque é possível fazer isso com segurança” asseverou a secretária.

Por fim, Izolina fez questão de ressaltar, mais uma vez, que o retorno é obrigatório para todos do ensino fundamental e médio. Aqueles que possuírem algum tipo de enfermidade, no entanto, poderá, mediante apresentação de laudo médico, continuar na modalidade híbrida.

Publicidade
Farmacia Pinheirense 970x250 1

“É obrigatório o retorno. Ensino fundamental e médio é obrigatório. O que garante a frequência é a chamada na escola. O EJA, no entanto, continuará na modalidade híbrida. Alunos que possuam alguma enfermidade devem apresentar um laudo médico na escola para continuar na modalidade híbrida” pontuou.

Então, para que fique claro, o retorno no próximo dia 03 é obrigatório para todos os alunos do ensino fundamental e médio. A frequência será tomada na escola e o aluno é obrigado a ir.

9 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


9 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
João
1 mês atrás

Já passou da hora de voltar todas as redes.

Cidadão Pinheirense
1 mês atrás

A muito tempo que essas aulas já tinham que ter voltado. As crianças e os adolescentes, foram os mais prejudicados com essa pandemia. Os bares a meses lotados, e as escolas fechadas.

Eu
1 mês atrás

Criança tem que voltar mesmo. Porque as mães deixam essas crianças na rua brincando como se não existisse pandemia. Então que vá pra escola.

Mae coruja
1 mês atrás

Eu nao vou mandar nenhum dos 3 enquanto nao tomar a vacina .

Revoltado
1 mês atrás
Resposta para  Mae coruja

Devem estar confinados então. Não vão a lugar nenhum. Não. Recebem ninguém bem casa. Não tem contato com ninguém. De repente trabalhar e estudar se tornou o risco para o mundo. Afff

Mãe preocupada
23 dias atrás
Resposta para  Mae coruja

Concordo que os alunos foram prejudicados com essa pandemia.
Mais tenho muito medo, minha filha tá indo porque tomou a primeira dose.
Meu filho de 11 anos, não vou mandar enquanto não tomar pelo menos a primeira dose.

Revoltado
1 mês atrás

Não querer levar filho pra escola mas o bolsa família acha bom receber. Aposto que o cadastro tá em dia

Caburé
1 mês atrás

Uma verdadeira palhaçada isso nos obrigar a mandar nossos filhos pra escola ..q segurança q vcs podem oferecer larga d palhaçada

SEI LÁ
1 mês atrás

PÉSSIMA SECRETÁRIA! TOTALMENTE SEM NOÇÃO, TÁ LÁ SÓ PRA RECEBER SALÁRIO. PÉSSIMA

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias