Publicidade
Só Vem OdontoCompany - 4000 pinheirenses cuidando do sorriso aqui
Publicidade
InícioCidadeRetorno das aulas em escolas estaduais de Minas Gerais está mantido para...

Retorno das aulas em escolas estaduais de Minas Gerais está mantido para 7 de fevereiro 

Garantia é dada em meio a explosão de casos e a vacinação infantil contra a covid-19

Publicado em

O governador de Minas Gerais, Romeu Zema (Novo), em entrevista coletiva nesta quinta-feira (27), garantiu o retorno das aulas estaduais para 7 de fevereiro. A posição é dada em meio à explosão de casos de covid-19 e à vacinação infantil. Na avaliação do gestor, é mais arriscado as crianças se infectarem em outras atividades, fora das instituições de ensino.

Publicidade
WN Telecom - Publicidade

“Vamos manter a data de retorno. Não alteraremos. As escolas estão preparadas com protocolos sanitários para esse retorno seguro. A maioria dos alunos já está vacinada e é muito mais arriscado esses jovens se infectarem em clubes, jogando bola na rua, etc, do que estar dentro da escola, em ambiente controlado”, afirmou.

O secretário de Estado de Saúde, Fábio Baccheretti, também defendeu a segurança das escolas. “Achar que a escola é ambiente menos seguro do que fora dela é errado. As crianças estão adoecendo em dezembro, janeiro, em férias. Temos que olhar a escola como ambiente seguro”, opinou.

Publicidade
Banho e tosa para seu Pet - POP Pet Center João Pinheiro

De acordo com o secretário, a pasta estadual de Saúde está fazendo tratativas com os municípios para recomendar que a vacinação de crianças não atrapalhe o retorno das aulas. “A recomendação é que cada município não suspenda o início das aulas por causa da vacinação infantil”.

O cronograma de ensino foi publicado no Diário Oficial do Estado no fim do ano passado. O término do próximo ano letivo está previsto para o dia 16 dezembro.

Publicidade
Raimundo Contabilidade em João Pinheiro

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


Publicidade
0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

mais artigos