Suspeito de matar “Pé Roxo” com pedradas na cabeça é preso preventivamente em Brasilândia de Minas

O homem preso é apontado pela PC como autor do homicídio contra seu cunhado Cleuton Mendes de Oliveira

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da Delegacia de João Pinheiro, prendeu, na tarde da última quinta-feira (27), o homem apontado como autor do homicídio que vitimou Cleuton Mendes de Oliveira, popularmente conhecido como “Pé Roxo”. A prisão preventiva foi resultado dos trabalhos investigativos que culminaram na suspeição contra M.C.S, cunhado da vítima.

Na ocasião do crime, o JP Agora noticiou que a vítima Cleuton Mendes de Oliveira foi atingida por várias pedradas na cabeça, golpes que desfiguraram todo o seu rosto. Cleuton chegou a ser socorrido, mas não resistiu e morreu no hospital. Quando da veiculação da reportagem, ainda não haviam suspeitos.

Suspeito de matar “Pé Roxo” com pedradas na cabeça é preso preventivamente em Brasilândia de Minas
Foto: Reprodução

A reportagem do site recebeu, na tarde de ontem (27), a informação da Polícia Civil de que M.C.S havia sido preso preventivamente depois de ser apontado como autor do homicídio. Segundo a nota, suspeito e vítima estavam em uma confraternização quando começaram a se desentender. Depois, M.C.S se apoderou de uma pedra e começou a golpear a cabeça da vítima, que era cunhado dele à época dos fatos.

O inquérito foi instaurado imediatamente e, através dos trabalhos investigativos, foi possível chegar, de forma técnica, na materialidade, autoria e circunstâncias do crime de homicídio. Então, a prisão preventiva do suspeito M.C.S foi requerida até que as investigações sejam finalizadas.

M.C.S foi preso e encaminhado ao Presídio de João Pinheiro, onde aguardará a instrução processual e, mais adiante, o seu julgamento, caso não seja solto antes disso pela justiça.

3 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
UAI, MAIS NUM FIZÉRO BO SÓ DE LESÃO CORPORAL?
3 meses atrás

ESSE TREM TÁ ESQUISITO DEMAIS. PARECE QUE TEM GENTE QUERENDO ESCONDER ALGUMA COISA. PORQUÊ TODO MUNDO FICOU SABENDO QUE O HOMEM MORREU DE TANTA PEDRADA NA CABEÇA. E MORREU LOGO DEPOIS DE TER DADO ENTRADA NO HOSPITAL. NO LOCAL DO CRIME, PERDEU MASSA ENCEFÁLICA E TUDO MAIS. E AÍ, TÃO COMENTANDO QUE FIZERAM BO DE LESÃO CORPORAL? É ISSO MESMO SEU JOTA PÊ AGORA? SE FOR VERDADE, NÃO PODE PRENDER O RAPAZ QUE MATOU NÃO. LESÃO CORPORAL, A VÍTIMA TEM QUE FAZER REPRESENTAÇÃO JUDICIAL. VEJA BEM, COMO UM “DEFUNTO” IRÁ NUMA DELEGACIA FAZER ISSO? PODE ISSO ARNALDO? A REGRA É… Leia mais »

Adv Social.
3 meses atrás

Isso é a policia militar maquiando ocorrência para baixar índice de criminalidade.

Código de processo penal
3 meses atrás

Boletim de ocorrência é meramente informativo, o delegado tem a autonomia de produzir o inquérito e indiciar o autor pelo crime que achar correto, que nesse caso evidentemente é homicídio, posteriormente o M.P pode oferecer a denúncia por outro crime também, resumindo, o BO feito pela PM não tem muito valor não, é apenas a notícia de um crime a Autoridade policial.

Artigos relacionados

Últimas Notícias