Taxistas de João Pinheiro protocolam reivindicações no Ministério Público pedindo regulamentação dos motoristas de App

A classe protocolou uma petição explicando os motivos das reivindicações no início deste mês

Depois de acontecer praticamente em todo o Brasil, a briga entre taxistas e motoristas de aplicativo chegou à cidade fácil de ser amada. A classe mais antiga se reuniu no final de janeiro em assembleia para discutirem as providências que seriam adotadas contra os motoristas que, segundo eles, exercem o transporte de passageiros em João Pinheiro de forma irregular.

As imagens da assembleia, ocorrida no dia 23 de janeiro na Avenida Célio Silveira, circularam nas redes sociais desde então e os pinheirenses dividiram opiniões em debates virtuais, já que alguns se posicionaram favoráveis aos taxistas e outros favoráveis aos motoristas de aplicativo. A ação coordenada dos taxistas, no entanto, não se restringiu à referida reunião. A classe protocolou suas reivindicações no Ministério Público de João Pinheiro pedindo por providências.

No texto, enviado à redação do JP Agora, os taxistas chama o serviço dos motoristas como “irregular” e “clandestino”. Na sequência, apontam que, diferentemente deles, os referidos motoristas não agregam em nada ao município e não oferecem as condições mínimas de segurança e conforto para os passageiros. Confira, a seguir, um trecho do texto obtido com exclusividade pela redação do site.

“(…) vem à presença do ilustre representante do Ministério Público (…) solicitar providência quanto a regulamentação e fiscalização do serviço irregular, clandestino, oferecido por veículos de APP, Modalidade de transporte regulamentada pela Lei 13.640/2018 que regulamenta o transporte remunerado privado individual de passageiros (…)” iniciam os taxistas os primeiros parágrafos do texto enviado à promotoria.

Na sequência, os taxistas apontam que a maioria, salvo algumas exceções, os motoristas rodam com veículos velhos e sem as devidas manutenções, frisando sempre que nenhum deles têm licença para transportar passageiros. Por estes motivos, os taxistas pedem uma lista de 07 reivindicações.

“Ressaltamos que não queremos nada além do correto, do justo, por que todos têm o direito ao trabalho, embora que seja dado a todos oportunidade de se regularizar assim como nos taxistas fazemos há mais de 50 anos presentes na praça da central desta cidade” ressaltam os taxistas no parágrafo que antecede a lista de reivindicações.

Segue, abaixo, a lista de reivindicações apresentada ao Ministério Público.

  1. Falta de fiscalização pela Polícia Militar e Civil, e fiscalização tributária do Município por parte da Prefeitura;
  2. Os veículos que prestam o serviço de transporte de passageiros de forma individualizada tem que ter um prévio cadastro na Prefeitura, não somente na plataforma digital, assim como todos os taxistas tem.
  3. Que os veículos a serem cadastrados atendam o mínimo de exigência que os taxistas são exigidos exemplo: máximo de 05 anos de uso, ou seja ano 2017, que tenham 04 portas, que estejam com pneus e freios revisados semestralmente, priorizando a segurança e integridade dos usuários.
  4. Serem proibidos de veicular número de telefone e WhatsApp nas publicidades, inclusive obrigando os a retirar o número de telefone denominado SAC – (que na verdade) serve para solicitação de corrida via ligação telefônica.
  5. Serem obrigados a apresentarem CAC e FAC de todos os motoristas prestadores de serviços na plataforma digital.
  6. Serem obrigados a pagar uma taxa mesmo que simbólica para o município, visando melhoria das vias públicas e na sinalização.
  7. O MAIS IMPORTANTE. Não divulgar número de telefone nas propagandas, pois a Lei n° 13.640/2018, regulamenta que o serviço deve ser obrigatoriamente chamado por meio do aplicativo privado da empresa.

O Ministério Público ainda não se pronunciou a respeito da petição protocolada pelos taxistas. O JP Agora seguirá acompanhando o caso.

24 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


24 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Capitão do exército
3 meses atrás

Deixa o pessoal trabalhar, o sol nasce para todos.

DELTON
3 meses atrás
Resposta para  Capitão do exército

APOIADO MAIÚSCULO AINDA ……

Marques
3 meses atrás
Resposta para  Capitão do exército

Kkkkkkk esses taxista são comédia, deixa o povo trabalhar vagabundos, tá achando ruim? Baixa o app e roda nele tb. Choraaaaaa que vai perder o monopólio

Aires
3 meses atrás
Resposta para  Capitão do exército

Leia a matéria primeiro para depois fazer o comentário.

Capitão do exército
3 meses atrás
Resposta para  Aires

A leitura foi feita o entendimento cada um tem o seu, mesma coisa da opinião, você deve ser um dos taxistas gananciosos.

Dimgalango
3 meses atrás
Resposta para  Capitão do exército

Falou tudo esse que tu comentou e um dos que tem 4 placa de moto é umas 3 de carro isso está e vendendo droga kkkk

Observador
3 meses atrás

Engraçado nao vi nenhum taxista reclamando de colega que tem um tanto de registro e terceiriza a “placa”, nao vi nenhum reclamando de poder cobrar o tanto que vem na cabeca de acordo com o perfil do passageiro ( nao tem taximetro ). Aplicativo e concorrencia é o futuro. Ta ruim larga o taxi e vai para o aplicativo. Simples.
Ps.: taxi tem desconto pra comprar o carro e outros benefícios isso tbm eles nao falam.

Dimgalango
3 meses atrás
Resposta para  Observador

Ainda tem taxista quem tem duas três placa sendo que pela lei a prefeitura pode libera apenas uma pra cada pessoa

Simples.
3 meses atrás

As pessoas buscam pelos serviços mais barato e de qualidade. Se os taxistas estão perdendo espaço é pq o outro oferece o melhor.
A conta é simples de enteder.

Mandado a real
3 meses atrás

Motorista de app estão por todo mundo
Não adianta reinvindicar nada
Tem que vim mais empresas desse tipo pra Jp
Tem espaço pra todos

Arcanjo Renegado
3 meses atrás
Resposta para  Mandado a real

Agora chora, num tem mamãezinha pra adular não. Na hora de cobrar 20 conto pra andar 800km as vezes, que é a maioria das corridas que o pessoal pede e que não leva 10 minutos pra fazer, vocês “metem a peixeira”, daí aparece o app pra despencar o preço, começa o desespero. Como o amigo comentou em cima, O SOL BRILHA PRA TODOS. Aceita que dói menos.

Filhos da anarquia
3 meses atrás
Resposta para  Arcanjo Renegado

Pois é a corrida deles e 20 reais e pronto, façam um aplicativo e vão concorrer .

Matador
3 meses atrás
Resposta para  Mandado a real

Vdd

Filhos da anarquia
3 meses atrás

Uber tá mais barato de andar do que táxi não só em Jp mais em todo lugar, juntem e façam um aplicativo , esqueci e uma classe desunida essa .

mito
3 meses atrás

ALEM DE CARO TEM UM MONTE DE TAXISTA TIPO RUIM !!! PRECISO NEM CITAR NOMES KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK
CHORAAAAAA

Boiadeiro
3 meses atrás

Queria saber qual o aplicativo que tem aqui em JP

Simpop App de Transporte
3 meses atrás
Resposta para  Boiadeiro

Simpop – Baixe o aplicavo através do link https://play.google.com/store/apps/details?id=br.com.client.simpop que é uma plataforma moderna e simples.

Lúcifer
3 meses atrás

Cidade fácil de ser amada onde João Pinheiro e cobra engulindo cobra .

Cidadão do bem
3 meses atrás

João Pinheiro tem uber ?????🤔🤔🤔🤔
Mas usam o WhatsApp e número pra atender telefones né???concelho que eu do é o seguinte taxistas que pagam avara deixa de ser indiotas e vão todos rodar clandestinos deixa de da dinheiro prefeitura que não fiscalisa bosta nenhuma. E assim também deve fazer os moto taxistas .

Ti durim
3 meses atrás
Resposta para  Cidadão do bem

Um conselho pra vc é estudar português

Beto
3 meses atrás
Resposta para  Ti durim

Também acho que ele deve preocupar um pouquinho mais com ó português, tá muito fraco ó português dele.

Dimgalango
3 meses atrás

Cada um fazer seu serviço e para de preocupar com a vida do outro

Geralda
3 meses atrás

deixa o povo trabalhar

Aires
3 meses atrás

Leiam a matéria primeiro para depois fazer comentários

Artigos relacionados

Últimas Notícias