Terceirizados da CEMIG paralisam atividades por melhoria salarial em João Pinheiro, Unaí, Paracatu e região

Classe pede aumento do salário outras reivindicações

Funcionários da empresa Potência, que presta serviços terceirizados para a CEMIG, paralisaram suas atividades nesta quinta-feira, 24 de março, por melhorias salariais e condições de serviço. João Pinheiro, Pirapora, Unaí, Paracatu, Três Marias, Dom Bosco e Riachinho já se encontram com os trabalhos paralisados.

O JP Agora conversou com um representante da classe sobre o assunto. O funcionário que preferiu não se identificar contou que os funcionários pararam de trabalhar pedindo aumento salarial de 15%, classificação, fim do banco de horas, horas extras, sobreaviso e fim das horas de deslocamento. Eles pedem, também, mudança do sistema de produção e revisão dos 10% para dirigir.

“Era para ter dado 10% de aumento no ano passado, mas deu apenas 2% e R$110,00 no vale alimentação. Esse ano tiraram os R$110,00 do vale e querem dar 10% de acordo com os 2%, querem dar 6% por ano. Como cancelaram o cartão alimentação, não temos mais esses 110 reais de aumento. Por isso, estamos parados a partir desta quinta-feira” disse um funcionário que preferiu não se identificar ao repórter do JP Agora.

Os trabalhadores garantiram que não vão prestar nenhum serviço até que seus anseios sejam atendidos. A redação tentou entrar em contato com a empresa mas a solicitação de contato não foi atendida, o espaço segue em aberto caso a empresa queira se manifestar. O JP Agora seguirá acompanhando o caso.

4 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


4 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Gg
1 mês atrás

E complicado categoria muito mal renumerada pelo risco q corre empresário só pensando no lucros e os trabalhadores q pagam cada dia fica mais difícil mexer com empreiteiras

Ivan Ferreira Mayer Júnior
1 mês atrás

Parabéns pela atitude é isso que esta faltando para a nossa classe , o reconhecimento de que somos trabalhadores e não escravos em uma forma de governo que se cala diante dos abusos das empreiteiras que prestam serviços para a CEMIG e até a própria contratante que parece não estar nem aí, temos que reagir diante de tal sistema e que isso não fique longe da visão de toda a sociedade que recebe atendimento desses profissionais que se esforçam diariamente para que a energia fornecida pela CEMIG seja restabelecida de forma mais rápida e eficaz , somos tratados de forma… Leia mais »

Fulano
1 mês atrás

Façam o concurso da Cemig.

Zé Povim
1 mês atrás
Resposta para  Fulano

Muhhhhh!

Artigos relacionados

Últimas Notícias