19.6 C
João Pinheiro
sábado, junho 19, 2021

Um dia após triplo homicídio, Polícia Civil segue em busca de pinheirense desaparecida

Principal hipótese é de que Cleonice Marques tenha sido sequestrada pelo autor das três mortes na Fazenda Vidal, no Incra 9, diz polícia

Os investigadores da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O), com o apoio da Divisão de Repressão ao Sequestro (DRS), continuam com as buscas pela pinheirense Cleonice Marques, 43 anos, que presenciou a morte do marido Cláudio Vidal de Oliveira e dois filhos, Gustavo Marques Vidal e Carlos Eduardo Marques Vidal, na Fazenda Vidal, no Incra 9, na madrugada dessa quarta-feira (9/6).

A principal hipótese, segundo a polícia, é de que Lázaro Barbosa de Sousa, 32 anos, tenha cometido o triplo homicídio e sequestrado Cleonice. O delegado-chefe da 24ª Delegacia de Polícia (Setor O), Raphael Seixas, disse que a digital do provável autor foi identificada na cena do crime.

Nessa quarta, o Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado pela PCDF para tentar localizar a mulher. Foi solicitado o apoio de helicóptero e cães farejadores para procurá-la.

Triplo homicídio

Tudo aconteceu muito rápido. Parentes chegaram no local cerca de 10 minutos depois do chamado da mulher, mas já encontraram os corpos de Gustavo Marques Vidal, 21, e Carlos Eduardo Marques Vidal, 15, em um quarto. Cláudio Vidal de Oliveira, 48, ainda conseguiu avisar o que tinha ocorrido, mas não resistiu aos ferimentos e também morreu.

As vítimas foram encontradas com marcas de tiro e facadas, mas não há indícios de que algo tenha sido levado da residência. Segundo o Seixas, os celulares das vítimas estavam em casa e porções de dinheiro também foram encontradas.


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


0 Comentários
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias