InícioCidadeVereador de Paracatu é preso em operação contra quadrilha especializada em roubos

Vereador de Paracatu é preso em operação contra quadrilha especializada em roubos

Investigação aponta envolvimento do bando em roubos em Minas e Mato Grosso

Publicado em

A Polícia Civil de Minas Gerais, através da Delegacia Regional de Paracatu, deflagrou a Operação Faroeste na madrugada desta quarta-feira (14), que visa prender indivíduos integrantes de uma quadrilha especializada em roubos à mão armada. No total, 15 mandados de busca e apreensão e 9 de prisão foram cumpridos, dentre eles contra o Vereador Gilsão do Paracatuzinho. A ação contou com a participação de 40 policiais civis.

Segundo apurado pelo JP Agora, o grupo investigado é responsável pelo roubo ocorrido no dia 09 de julho na empresa Valorem. Na ocasião, utilizando armas de fogo e mediante grave ameaça a funcionários, a quadrilha subtraiu defensivos agrícolas e armas da equipe de vigilância. As investigações iniciaram imediatamente e a Polícia Civil conseguiu levantar a participação de, pelo menos, 10 pessoas no crime, incluindo funcionários da própria empresa e o Vereador Gilsão do Paracatuzinho.

Vereador de Paracatu é preso em operação contra quadrilha especializada em roubos
Foto: Reprodução

A investigação apontou, ainda, a participação de alguns dos integrantes do grupo no roubo à Empresa de Mineração Nova Xavantina, situada no Estado do Mato Groso, cujo material processado de mais de 200kg de ouro foi apreendido em Paracatu.

Operação Faroeste

A operação foi denominada Operação Faroeste em alusão a filmes antigos, os quais mostravam várias pessoas armadas que se reuniam para roubar cidades pequenas. As investigações tramitam no âmbito da Delegacia de Repressão a Crimes contra o Patrimônio de Paracatu, sob presidência do Delegado de Polícia Gustavo Henrique Ferraz.

A operação conta com a participação de 40 (quarenta) Policiais Civis, sendo 5 Delegados, 5 Escrivães e 30 Investigadores de Polícia. Maiores informações serão repassadas após a conclusão das diligências.

Com informações de Ailton Pinheiro – Rota do Crime

Comentários


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


3 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
Lobão Vaz
1 mês atrás

parabéns civil guerreiros podia fazer uma operação dessa na prefeitura de joão pinheiro e na câmera vai encontra muita coisa errada

Luma
1 mês atrás

Deve ser do patido do pt, eles são profissional nesse ramo de roubo kkkkkk

GALO DOIDO
1 mês atrás

INFELIZMENTE, esperar o que de politicos né

mais artigos