19 C
João Pinheiro
quarta-feira, maio 5, 2021

Vice-prefeito de Brasilândia de Minas renuncia ao cargo alegando motivos pessoais

O termo de renúncia foi assinado na última quinta-feira (18)

Ramon Lucas Romualdo não é mais o vice-prefeito de Brasilândia de Minas. O médico assinou o termo de renúncia na última quinta-feira (18) abrindo mão do cargo para o qual foi eleito ao lado de Oséias Cardozo Queiroz. Na carta, nenhum ponto de rompimento com o atual governo pôde ser notado.

O então vice-prefeito Ramon Lucas disse na carta que tomou a decisão após uma grande reflexão sobre todo o contexto de sua vida e afirmou, veementemente, que os motivos que o levou a renunciar são apenas de cunho pessoal.

“Com efeito, trata-se de uma decisão muito difícil, mas que não está atrelada a qualquer fato ou circunstância relacionados à administração pública ou a pessoas. Tenho muito orgulho e satisfação da boa convivência com todos do Poder Executivo, do Poder Legislativo e demais órgãos que compõem a Administração Pública Municipal como um todo.”

Ramon agradeceu o apoio recebido pela população de Brasilândia de Minas e deixou uma mensagem para o prefeito.

“Tenho absoluta convicção de que o Prefeito Sr. Oséias Cardozo Queiroz, com o corpo de servidores públicos municipais e com o imprescindível apoio da Câmara Municipal, dará continuidade aos trabalhos em andamento e tornará realidade todos os importantes projetos para o bem do nosso povo.”

6 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


6 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
A VERDADE
2 meses atrás

O MOTIVO DA RENÚNCIA É PORQUE COMO VICE-PREFEITO ELE NAO PODE PRESTAR SERVIÇOS PARA A PREFEITURA DE BRASILÂNDIA E GANHAR RIOS DE DINHEIRO. O ACERTO DELE COM OSÉIAS E O EX-PREFEITO MARDEN FOI DE QUE ELE AJUDARIA OSÉIAS GANHAR E DEPOIS DE ELEITO, RENUNCIARIA AO CARGO E EM TROCA O PREFEITO MUNICIPAL IRIA CONTRATAR SERVIÇOS MÉDICOS DA EMPRESA DE DR RAMON E DELE PRÓPRIO. COM ISSO, AO INVÉS DE GANHAR 10 MIL POR MÊS COMO VICE-PREFEITO, VAI GANHAR 100 MIL COMO MÉDICO E PRESTADOR DE SERVIÇOS MÉDICOS. USOU O POVO QUE ACREDITOU NELE PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO.

Zé Povim
2 meses atrás
Resposta para  A VERDADE

Chora fanatico pelo”Gordim”. Tome lapada! Aliás a terceira!

Zé Povim
2 meses atrás

Não vai mudar nada em minha rotina. Amanhã estarei novamente na labuta.

Delton
2 meses atrás

Será que vai parar de receber também ou vai fa igual ao Celsinho

Pe de cana
2 meses atrás

Existe o burro …o tolo…o sem noção….e existe esse vice aí…. fato que foi só Vasco cair pra segunda divisão……que ele pediu pra sair …..deve da magoadinho….por ser chamado de vice

Larissa
2 meses atrás
Resposta para  Pe de cana

Meu querido entenda,ele teve os seus motivos para fazer isso,e voce não fica triste por ser chamado de zé ninguém?

Artigos relacionados

data-matched-content-ui-type="image_card_stacked"

Últimas Notícias