Vice-prefeito de Brasilândia de Minas renuncia ao cargo alegando motivos pessoais

O termo de renúncia foi assinado na última quinta-feira (18)

Ramon Lucas Romualdo não é mais o vice-prefeito de Brasilândia de Minas. O médico assinou o termo de renúncia na última quinta-feira (18) abrindo mão do cargo para o qual foi eleito ao lado de Oséias Cardozo Queiroz. Na carta, nenhum ponto de rompimento com o atual governo pôde ser notado.

O então vice-prefeito Ramon Lucas disse na carta que tomou a decisão após uma grande reflexão sobre todo o contexto de sua vida e afirmou, veementemente, que os motivos que o levou a renunciar são apenas de cunho pessoal.

“Com efeito, trata-se de uma decisão muito difícil, mas que não está atrelada a qualquer fato ou circunstância relacionados à administração pública ou a pessoas. Tenho muito orgulho e satisfação da boa convivência com todos do Poder Executivo, do Poder Legislativo e demais órgãos que compõem a Administração Pública Municipal como um todo.”

Ramon agradeceu o apoio recebido pela população de Brasilândia de Minas e deixou uma mensagem para o prefeito.

Publicidade
Dom Churrasco em João Pinheiro - Barca de Churrasco e Jantinha

“Tenho absoluta convicção de que o Prefeito Sr. Oséias Cardozo Queiroz, com o corpo de servidores públicos municipais e com o imprescindível apoio da Câmara Municipal, dará continuidade aos trabalhos em andamento e tornará realidade todos os importantes projetos para o bem do nosso povo.”

6 COMENTÁRIOS


Termo

Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do JP Agora. É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O JP Agora poderá remover, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos ou que estejam fora do tema da matéria comentada. É livre a manifestação do pensamento, mas deve ter responsabilidade!


6 Comentários
Mais votados
Mais recente Mais antigos
Inline Feedbacks
Veja todos os comentários
A VERDADE
10 meses atrás

O MOTIVO DA RENÚNCIA É PORQUE COMO VICE-PREFEITO ELE NAO PODE PRESTAR SERVIÇOS PARA A PREFEITURA DE BRASILÂNDIA E GANHAR RIOS DE DINHEIRO. O ACERTO DELE COM OSÉIAS E O EX-PREFEITO MARDEN FOI DE QUE ELE AJUDARIA OSÉIAS GANHAR E DEPOIS DE ELEITO, RENUNCIARIA AO CARGO E EM TROCA O PREFEITO MUNICIPAL IRIA CONTRATAR SERVIÇOS MÉDICOS DA EMPRESA DE DR RAMON E DELE PRÓPRIO. COM ISSO, AO INVÉS DE GANHAR 10 MIL POR MÊS COMO VICE-PREFEITO, VAI GANHAR 100 MIL COMO MÉDICO E PRESTADOR DE SERVIÇOS MÉDICOS. USOU O POVO QUE ACREDITOU NELE PARA BENEFÍCIO PRÓPRIO.

Zé Povim
10 meses atrás
Resposta para  A VERDADE

Chora fanatico pelo”Gordim”. Tome lapada! Aliás a terceira!

Zé Povim
10 meses atrás

Não vai mudar nada em minha rotina. Amanhã estarei novamente na labuta.

Delton
10 meses atrás

Será que vai parar de receber também ou vai fa igual ao Celsinho

Pe de cana
10 meses atrás

Existe o burro …o tolo…o sem noção….e existe esse vice aí…. fato que foi só Vasco cair pra segunda divisão……que ele pediu pra sair …..deve da magoadinho….por ser chamado de vice

Larissa
10 meses atrás
Resposta para  Pe de cana

Meu querido entenda,ele teve os seus motivos para fazer isso,e voce não fica triste por ser chamado de zé ninguém?

Artigos relacionados

Últimas Notícias